Tag Arquivo para Drama

Logan!!!!

Logan (2017) conta a história do Wolverine (Hugh Jackman), que já está velho e cansado. Ele divide sua vida cuidando do idoso Professor Xavier (Patrick Stewart) e trabalhando como chofer de limousine. No entanto, sua vida muda de rumo quando uma mulher (Elizabeth Rodriguez) pede auxílio para transportar uma menina (Dafne Keen) até outra cidade.

Olha, eu sou fã do Wolverine, ele é meu mutante e super herói favorito. A história do personagem é rica e interessante, mas confesso que não estava esperando para ver esse longa. Eu vou ser bem honesta com vocês, meu marido amou o filme e eu não achei isso tudo, na verdade eu achei tudo muito fraco. Eu não sei se a história estava seguindo as HQ’s, o que eu sei é que não senti aquele arrepio na pele e nem vontade de aplaudir no final. Assim, a única coisa que eu achei legal foram as cenas com o Professor Xavier e a atuação da atriz Dafne Keen.

Contamos com a presença de Hugh Jackman, Patrick Stewart, Dafne Keen, Boyd Holbrook (série Narcos), Stephen Merchant, Elizabeth Rodriguez (séries Orange is The New Black e Fear The Walking Dead),Richard E. Grant e Eriq La Salle.

O diretor do longa é James Mangold. Como roteiristas temos Michael Green e o próprio Mangold.

Resumindo, o filme é fraco, ou seja, eu não achei isso tudo que estão pintando por ai. A história distrai, mas só isso. Se eu pudesse teria visto em casa, não teria gasto tanto dinheiro para ir ao cinema (que aliás está o olho da cara).

Nota: 

Desejo a todos um outro filme e muita pipoca!!!!

American Crime Story!!!!

American Crime Story (2016-  ) conta a história do julgamento de O. J. Simpson, acusado pelo homicídio de Nicole Simpson (Ex- Esposa de O.J.) e Ronald Goldman.

A única coisa que eu tenho a dizer é que essa série é incrível e que vale a pena cada hora sentada no sofá. Quando esse crime abalou os Estados Unidos eu era muito pequena para saber o que estava de fato acontecendo. Durante a Faculdade de Direito, você não vai ver casos assim sendo analisados, pois o Brasil segue uma linha jurídica diferente dos Estados Unidos. Então, eu nunca tive curiosidade de sentar e estudar o caso. O que me fez de fato pegar essa série para assistir é que eu descobri o canal Investigação Discovery (ID), que possui casos muito interessantes, o que me deu margem para buscar outros programas sobre investigação.

American Crime Story é extremamente bem feito, rico em detalhes e fiel aos fatos. Possui ainda uma trilha sonora condizente com o período histórico em que ocorreu o crime, ou seja, meados da década de 90. E você consegue ver em larga escala, não só a repercussão dos homicídios em si, mas como esse julgamento abalou todos os envolvidos, da promotoria ao magistrado. Todos foram expostos a mídia, levando a questões raciais e de gênero, que abalaram todos os americanos que acompanharam o caso.

Contamos com a presença de atores incríveis como Cuba Gooding Jr, Sarah Paulson, John Travolta, Courtney B. Vance, Sterling K. Brown, Selma Blair, Kenneth Choi, Connie Britton, Christian Clemenson, Bruce Greenwood,  Nathan Lane, David Schwimmer e Evan Handler.

A série foi dirigida por Ryan Murphy (Criador de American Horror Story (2011- ), Glee (2009-2015), Scream Queens (2015- ) e Nip/Tuck (2003-2010)), Anthony Hemingway e John Singleton.  Os episódios contaram com a presença de diversos criadores, entre eles estão Jeffrey Toobin, Scott Alexander e Larry Karaszewski. Toobin escreveu “The Run of His Life: The People v. O.J. Simpson“, livro que deu origem a série. Enquanto Alexander e Karaszewski já trabalharam juntos em três bons longas: Grandes Olhos (2014), 1408 (2007) e O Povo Contra Larry Flint (1996).

Como curiosidade, tudo indica que esse ano sairá a 2ª Temporada de American Crime Story, que contará a história do Furacão Katrina e a 3ª Temporada, que só sairá em 2018 será sobre o assassinato de Gianni Versace.

Resumindo, depois de tudo que eu disse sobre a série, você não pode mais ter qualquer dúvida sobre a sua grandiosidade, corra para assistí-la e veja com seus próprios olhos como ela é incrível!!!!!

Nota:

Desejo a todos uma série incrível e muita pipoca!

A Chegada!

A Chegada (Arrival, 2016) conta a história de naves espaciais que apareceram em diversas partes do mundo. Sendo assim, a professora de linguística Louise Banks (Amy Adams) é chamada para estabelecer contato com os alienígenas.

Eu vou ser sincera com vocês, eu gostei do filme, mas eu acho que o Christopher Nolan me acostumou muito mal, porque eu sempre espero um Interestelar (2014) e acabo me decepcionando um pouco. A Chegada possui uma fotografia incrível, a atuação dos personagens é muito boa, a trilha sonora é envolvente e a trama também é diferente e instigante.  Sendo assim, a película possui todos os requisitos para ser excelente, tanto que foi indicado ao Oscar desse ano, mas eu, particularmente, senti a falta de algo a mais, o que de forma alguma desqualifica a grandeza do filme.

Contamos com a presença de Amy Adams, Jeremy Renner (Vingadores: Era de Ultron, 2015) e Forest Whitaker. Eu confesso que adoro o Forest Whitaker, mas eu sou super fã e tenho uma grande simpatia por todos os filmes da Amy Adams, como Julie & Julia (2009).

O diretor do longa é Denis Villeneuve, que também dirigiu Os Suspeitos (2013) e Sicario: Terra de Ninguém (2015). E como roteiristas temos Eric Heisserer e Ted Chiang (escritor do livro Story of Your Life, que serviu de base ao longa).

Resumindo, eu achei o filme bom e com certeza vale a pena assistir.

Nota:

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

 

Viver Sem Endereço!

Viver Sem Endereço (Shelter, 2014) conta a história de Hannah (Jennifer Connelly)e Tahir (Anthony Mackie), dois moradores de rua, que encontram apoio um no outro para sobreviver às adversidades do caminho.

Esse é um daqueles filmes que não ganhou nenhum destaque na mídia, o que me deixa muito triste. O longa é um drama complexo, não pela trama em si, mas pela dor e sofrimento que os personagens tentam retratar. Eles apresentam problemas diferentes e profundos na alma, só que o amor que desperta é o ponto de apoio dos dois.  A perda de alguém, doença, guerra, pobreza ou qualquer outra situação pode deteriorar e alterar o rumo de uma vida. Então, muitas vezes a pessoa vive na rua, pois os problemas que elas estão enfrentando são maiores do que a força que elas acham que possuem para superar.

Como atores, temos Jennifer Connelly e Anthony Mackie. Eu confesso que eu acho a Connelly muito bonita, mas nunca tinha considerado ela uma boa atriz. Então, para mim, essa foi a primeira película que ela realmente impôs sua presença ao mundo cinematográfico. Eu sei que ela ganhou o Oscar por Uma Mente Brilhante (2001), mas quando você pensa nesse longa sempre lembra do Russell Crowe e não dela.

Em relação a Anthony Mackie, eu tenho certa simpatia pelo ator e acho que ele atuou muito bem nesse longa, só que ele tem feito o super herói Sam Wilson/Falcon em Capitão América 2: O Soldado Invernal (2014), Homem-Formiga (2015), Vingadores: A Era de Ultron e Capitão América: Guerra Civil (2016). Sendo assim, eu acho que ele caiu em uma série de Blockbusters, que eu, particularmente, não aprecio. O último filme que ele fez e que eu ainda não tive a oportunidade de ver foi o longa Até o Fim (2016), em que ele interpreta Martin Luther King Jr ( esse parece ser bom e ainda tem o Bryan Cranston).

O diretor e o roteirista do longa é Paul Bettany. Esse fato me deixou muito surpresa, já que eu só tinha visto o seu trabalho como ator, pois ele já fez filmes como O Código Da Vinci (2006) Uma Mente Brilhante (2001).  Eu, sinceramente, fiquei muito feliz com o que ele fez em Viver Sem Endereço e espero ver muitos outros trabalhos dele.

Resumindo, eu considero esse filme muito bom, muito bem feito, com atores bons e uma direção incrível. É um drama forte, mas que mostra como a dor e as adversidades da vida podem afetar o homem sem deteriorar o amor e a humanidade de cada um.

Nota: 

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

 

« Postagens Antigas Postagens Recentes »