Tag Arquivo para Aventura

Guardiões da Galáxia Vol. 2

Guardiões da Galáxia Vol.2 (Guardians of the Galaxy Vol. 2, 2017) é a continuação da história do Peter Quill (Chris Pratt) pelo universo. Ele e sua tripulação entram em mais uma confusão, só que dessa vez eles acabam encontrando o pai de Quill.

Eu assisti esse filme na estreia junto com o meu marido, só que eu acabei ficando um pouco afastada do site, por isso a demora para postar sobre ele. Olha, o longa é muito bom e vale a pena se deslocar até o cinema e pagar aquela fortuna para assistí-lo. A história é muito engraçada, cheia de ação e de cenas memoráveis. Aliás, a trilha sonora é incrível. Eu não sou uma pessoa que gosta muito dos personagens da Marvel ou da DC, mas o Peter Quill foge do retrato convencional de um herói e mostra um cara confuso e enrolado, o que deixa tudo mais leve e divertido.

Contamos com a presença de Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Michael Rooker (da série The Walking Dead), Sylvester Stallone, Kurt Russel, Sean Gunn (da Série Gilmore Girls), Vin Diesel (Groot) e Bradley Cooper (Rocket). Todos trabalharam incrivelmente bem e eu confesso que o Chris Pratt vem me surpreendendo positivamente desde Noivas em Guerra (2009)

O diretor e o roteirista principal do longa é James Gunn, que também dirigiu o primeiro Guardiões da Galáxia (2014). O filme é baseado em uma HQ da Marvel e por isso muitas outras pessoas são responsáveis pelo roteiro, incluindo Stan Lee, um dos criadores do personagem Groot.

Resumindo, o filme é muito bom e engraçado. Vale a pena ir ao cinema para assistir esse longa.

Nota:

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

Obs: Existe uma playlist específica do filme no Spotify, mas você também pode encontrar as músicas na playlist no Náufragos de Sofá.

Inferno!

Inferno (2016) conta a história de Robert Langdon (Tom Hanks), que acorda em um hospital em Florença. Ele não consegue lembrar dos últimos dias, sendo assim, a médica Sienna Brooks (Felicity Jones) resolve ajudá-lo nessa empreitada.

Olha, eu vou ser bem honesta com vocês, eu já fui fã do Dan Brown, mas de tudo que eu li, o meu preferido era o Ponto de Impacto, que tem Rachel Sexton como protagonista. No entanto, o livro que deu origem a película em questão, eu não consegui passar dos primeiros capítulos. Sendo assim, eu não tenho como dizer se a obra é melhor que o filme, porque essa máxima já foi quebrada em Anjos e Demônios (2009), que trouxe dinamismo ao arrastado livro que o originou.

A película é cheia de cenas de ação que são boas e bem conduzidas, mas no geral eu achei bem fraco. É um daqueles filmes que você resolve assistir no domingo a tarde porque não tem mais nada passando na televisão. Eu não diria que a trama é previsível, mas com certeza não instiga mais a sua mente como O Código Da Vinci (2006), que era uma novidade na época.

O longa conta com a presença de um bom time de atores: Tom Hanks; Felicity Jones , que fez Rogue One (2016) e a Teoria de Tudo (2014); Omar Sy, que atuou nos Intocáveis (2011); e Irrfan Khan que fez As Aventuras de Pi, (2012) e Quem Quer Ser um Milionário (2008) .

O diretor é Ron Howard, que fez Anjos e Demônios (2009), O Código Da Vinci (2006), Uma Mente Brilhante (2001), O Preço de um Resgate (1996) e Apollo 13: Do Desastre ao Triunfo (1995). Como Roteiristas temos Dan Brown, o escritor do livro homônimo e David Koepp, que já trabalhou em filmes como A Janela Secreta (2004), Ecos do Além (1999) e  Missão Impossível (1996).

Resumindo, o filme até possui boas cenas de ação, mas ele é fraco. Eu acho que serve para distrair e ver belos marcos históricos europeus, nada mais.

Nota:

Desejo a todos outro filme de ação e muita pipoca!

 

Passageiros!

Passageiros (Passengers, 2016) conta a história de Jim Preston (Chris Pratt) e Aurora Lane (Jennifer Lawrence), duas pessoas que acabam acordando da hibernação 90 anos antes da nave chegar ao destino final. Eles precisam lidar com essa situação, mas parece que a nave também possui sérios problemas. Será que eles vão conseguir achar uma solução para o caso?

A película é de 2016, mas só começou ao Brasil no início desse mês. Eu estava querendo assistir esse longa, pois esse tipo de tema me deixa bem animada. Honestamente, eu adoro filmes que mostram essa questão da sobrevivência em um lugar inóspito, como Interestelar Perdido em Marte. Eu gosto do desafio que o homem tem ao ser inserido em situações adversas e como ele tenta usar sua mente para sair do problema. Entretanto, Passageiros possui um roteiro bem raso e não tem comparação com os filmes de Christopher Nolan ou Ridley Scott. Não me entendam mal, eu gostei do longa, ele é interessante, engraçado, possui uma fotografia excelente e bons atores, mas não possui a profundidade que eu esperava.

Contamos com presença de Chris Pratt, Jennifer Lawrence, Michael Sheen, Laurence Fishburne e uma pitada de Andy Garcia. Esse time de atores foi muito bem escolhido. Eu estou muito feliz com a forma como Chris Pratt tem crescido nesses últimos anos. Eu lembro dele em Noivas em Guerra (2009) e de lá para cá tenho ficado muito animada com o seu desempenho nas telonas.

O diretor do longa é Morten Tyldum, que também dirigiu O Jogo da Imitação (2014). Como roteirista temos Jon Spaiths, que também trabalhou no roteiro de Prometheus  (2012) e Doutor Estranho (2016). 

Resumindo, o filme é bom, mas não é nada demais. Só vale a pena ir ao cinema por causa da fotografia, que fica melhor numa telona. Tirando isso, você pode esperar para assistir no conforto do seu sofá.

Nota:

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!

Doutor Estranho!

Doutor Estranho (Doctor Strange, 2016) conta a história do Doutor Stephen Strange (Benedict Cumberbatch), um cirurgião famoso, mas extremamente egocêntrico, egoísta e narcisista. Sua vida acaba dando uma reviravolta quando ele sofre um acidente de carro, que dilacera suas mãos, fazendo com ele perca a capacidade de realizar qualquer cirurgia. Sendo assim, Stephen acaba indo à Kamar-Taj atrás da Anciã (Tilda Swinton), que talvez possa curá-lo com seus incríveis poderes.

Olha, eu não estava muito animada para assistir esse longa, porque não tenho nenhuma paixão por filmes de super-heróis. Esses universos da Marvel e da DC Comics não me atraem, como ocorre com a maioria das pessoas. No entanto, essa película é muito boa, só que eu não sei se foi realmente fiel à história dos HQ’s. De uma coisa eu sei: a fotografia é incrível, os efeitos visuais são maravilhosos e todo o misticismo foi bem instigante. Portanto, esse é um filme que atrai tantos os amantes de super-heróis como aqueles que não fazem a menor ideia no que estão embarcando.

O time de atores foi muito bem escolhido, pois temos Benedict Cumberbatch, Chiwetel Ejiofor, Tilda Swinton, Rachel McAdams, Mads Mikkelsen, Benedict Wong e Benjamin Bratt. Só para recordar, o ator Chiwetel Ejiofor fez 12 Anos de Escravidão (2013) e Perdido em Marte (2015) juntamente com o ator Benedict Wong, que também fez o personagem Kublai Khan na série Marco Polo (2014-2016).

O diretor do longa é Scott Derrickson, que também já dirigiu os filmes O Exorcismo de Emily Rose (2005) e A Entidade (2012). Também como roteiristas temos Jon Spaihts, C. Robert Cargill, Steve Ditko e o próprio Derrickson.

Resumindo, Doctor Strange é uma boa pedida para esse feriadão! Aproveite e leve a família toda!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_halfstar_rating_empty

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

 

« Postagens Antigas