Arquivo para Policial

American Crime Story!!!!

American Crime Story (2016-  ) conta a história do julgamento de O. J. Simpson, acusado pelo homicídio de Nicole Simpson (Ex- Esposa de O.J.) e Ronald Goldman.

A única coisa que eu tenho a dizer é que essa série é incrível e que vale a pena cada hora sentada no sofá. Quando esse crime abalou os Estados Unidos eu era muito pequena para saber o que estava de fato acontecendo. Durante a Faculdade de Direito, você não vai ver casos assim sendo analisados, pois o Brasil segue uma linha jurídica diferente dos Estados Unidos. Então, eu nunca tive curiosidade de sentar e estudar o caso. O que me fez de fato pegar essa série para assistir é que eu descobri o canal Investigação Discovery (ID), que possui casos muito interessantes, o que me deu margem para buscar outros programas sobre investigação.

American Crime Story é extremamente bem feito, rico em detalhes e fiel aos fatos. Possui ainda uma trilha sonora condizente com o período histórico em que ocorreu o crime, ou seja, meados da década de 90. E você consegue ver em larga escala, não só a repercussão dos homicídios em si, mas como esse julgamento abalou todos os envolvidos, da promotoria ao magistrado. Todos foram expostos a mídia, levando a questões raciais e de gênero, que abalaram todos os americanos que acompanharam o caso.

Contamos com a presença de atores incríveis como Cuba Gooding Jr, Sarah Paulson, John Travolta, Courtney B. Vance, Sterling K. Brown, Selma Blair, Kenneth Choi, Connie Britton, Christian Clemenson, Bruce Greenwood,  Nathan Lane, David Schwimmer e Evan Handler.

A série foi dirigida por Ryan Murphy (Criador de American Horror Story (2011- ), Glee (2009-2015), Scream Queens (2015- ) e Nip/Tuck (2003-2010)), Anthony Hemingway e John Singleton.  Os episódios contaram com a presença de diversos criadores, entre eles estão Jeffrey Toobin, Scott Alexander e Larry Karaszewski. Toobin escreveu “The Run of His Life: The People v. O.J. Simpson“, livro que deu origem a série. Enquanto Alexander e Karaszewski já trabalharam juntos em três bons longas: Grandes Olhos (2014), 1408 (2007) e O Povo Contra Larry Flint (1996).

Como curiosidade, tudo indica que esse ano sairá a 2ª Temporada de American Crime Story, que contará a história do Furacão Katrina e a 3ª Temporada, que só sairá em 2018 será sobre o assassinato de Gianni Versace.

Resumindo, depois de tudo que eu disse sobre a série, você não pode mais ter qualquer dúvida sobre a sua grandiosidade, corra para assistí-la e veja com seus próprios olhos como ela é incrível!!!!!

Nota:

Desejo a todos uma série incrível e muita pipoca!

Erased – A Cidade Onde Só Eu Não Existo (Boku Dake ga Inai Machi)!!!!!!!!!

Erased – A Cidade Onde Só Eu Não Existo (Boku Dake ga Inai Machi, 2016) conta a história de Satoru Fujinuma, um homem de 29 anos, que possui uma habilidade peculiar, ele consegue voltar no tempo alguns momentos antes de alguma fatalidade acontecer. Esse fenômeno recebe o nome de ”Revival”. No entanto, por uma sequência de fatos inesperados, ele acaba voltando 18 anos no tempo para evitar que uma grande tragédia volte a ocorrer.

Se você se amarra em um anime de suspense e investigação, então esse aqui é para você. Erased saiu esse ano e possui 12 episódios, pode parecer pouco, mas é o suficiente para você entrar nessa trama intrincada e ficar fissurado com o anime.

O diretor do anime é Tomohiko Itō, que também participou da produção de Sword Art Online, Silver Spoon (Gin no Saji) e Death Note.

Resumindo, vale muito a pena parar para assistir esse suspense!!!! Recomendadíssimo!!!!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_full

Desejo a todos um excelente anime e muita pipoca!!!!!!

 

Os Suspeitos!!!!

Os Suspeitos (Prisoners, 2013) conta a história de Keller Dover (Hugh Jackman) e Franklin (Terrence Howard), dois homens atormentados pelo sumiço de suas filhas no dia de Ação de Graças. O principal suspeito é Alex (Paul Dano), um completo desconhecido que parece ter problemas mentais, no entanto, segundo o detetive Loki (Jack Gyllenhaal) não existem provas suficientes de que ele tenha de fato praticado o sequestro e por isso será solto em 48h. Keller não se dá por satisfeito e pretende a todo custo descobrir o que Alex fez com sua filha.

Esse filme estava na minha lista fazia algum tempo e quando surgiu a oportunidade eu agarrei e adorei. Se você for muito observador, vai conseguir desvendar a trama com mais facilidade, mas são alguns pequenos detalhes, que ficam fora da linha de raciocínio, que dão todo o tempero ao longa. Sinceramente, eu achei que algumas pontas ficaram soltas, mas isso de forma alguma atrapalhou o desenrolar e o desfecho do filme.

O filme conta com um elenco incrível, Hugh Jackman, Jake Gyllenhaal, Viola Davis, Maria Bello, Terrence Howard, Paul Dano e Melissa Leo. Jackman há muito tempo abandonou a fama de galã da novela das oito e mostrou todo o seu talento em papéis mais dramáticos e violentos, onde apenas uma carinha bonita não é o suficiente para sustentar o personagem. Gyllenhaal ainda não me convenceu totalmente, ele é bom, mas está em processo de amadurecimento como ator, ele não é cativante e suas interpretações sempre parecem iguais. Por outro lado, Paul Dano, esse sim consegue toda a minha atenção, uma estrela que está em total ascensão e com certeza é uma boa aposta no mundo do cinema. Dano mal falou nesse filme, mas desde Sangue Negro eu tenho a sensação de que ele ainda não ganhou um papel que o destacasse de forma satisfatória.

O diretor do longa é Denis Villeneuve, que não tem nenhum outro filme conhecido em seu currículo cinematográfico, no entanto, eu gostei muito de seu trabalho, o que me deu um animo para ver outras obras de sua autoria. Segundo o site IMDB, Villeneuve será o diretor no novo projeto baseado no filme Blade Runner, não sei ainda se será um remake ou se será uma continuação, mas tudo parece bem promissor.

Resumindo, o filme é muito bom, possui uma trama muito boa e envolvente. Ele é longo, mas prende do começo ao fim.

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_empty

Desejo a todos um excelente filme e muita pipoca!

 

Instinto Secreto!

Instinto Secreto (Mr. Brooks, 2007) conta a história de Mr. Brooks (Kevin Costner) um grande homem, um excelente pai e marido, condecorado por sua filantropia, ou seja, ele é o exemplo para toda a sociedade. No entanto, existe um segredo, Mr. Brooks é um serial killer, que tenta a todo custo calar Marshall (William Hurt), seu alter ego homicida. O que ele não esperava é que no seu próximo crime ele fosse flagrado por Smith (Dane Cook), que começa a chantageá-lo. Nesse meio tempo, o novo crime acaba despertando o interesse da detetive Tracy Atwood (Demi Moore) que tenta a todo custo achar o responsável pelo homicídio.

O filme tem como base a questão maniqueísta que existe em todos nós. Entre o bem e o mal, qual irá prevalecer? Mr. Brooks luta para não escutar sua própria mente, mas Marshall tenta de todas as formas despertar sua sede de matar. A sensação de ter a vida de outro em suas mãos é tão forte que ele não sabe mais o que fazer, ele precisa cometer mais um crime e por causa desse desejo toda a imagem que ele criou corre o risco de se perder.

Kevin Costner é um excelente ator, mas tem sido cada vez mais difícil ver um filme recente dele que seja bom. Quando pensamos em Costner acabamos nos remetendo a filmes antigos como Dança com Lobos, O Mistério da Libélula e Robin Hood. Atualmente, não encontramos um longa que ele desempenhe um bom papel como protagonista. Em Instinto Secreto, Costner agrada bastante, principalmente por tirar aquela capa de bonzinho que ele criou em boa parte de seus filmes e mostrar o lado perverso que pode existir em seus personagens.

Demi Moore é uma boa atriz, já fez grandes filmes, como Questão de Honra, Ghost e A Jurada, no entanto, atualmente ela não tem se destacado em nada. Ela vive apagada nas telinhas, fazendo mulheres com problemas ou sendo a mãe da Miley Cyrus. Uma estrela começa a se apagar quando você percebe que outras poderiam desempenhar o mesmo papel de forma melhor. Esse é o caso de Demi em Instinto Secreto, sua atuação foi fraca.

O diretor do longa é Bruce A. Evans, que possui um repertório bem pequeno de filmes. Como diretor ele só possui esse filme em discussão e mais um outro sem graça, mas como roteirista ele participou de A Ilha da Garganta Cortada e Conta Comigo. Este último filme é baseado no livro O Corpo de Stephen King e passava com frequência na nossa nostálgica sessão da tarde.

Resumindo, é um ótimo filme de suspense e a trama te prendem no sofá até o final.

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_emptystar_rating_empty

« Postagens Antigas