IT: A Coisa!!!!

IT: A Coisa (IT, 2017) conta a história de um grupo de jovens que resolvem se juntar para buscar o causador de todas as mortes que estão ocorrendo na cidade de Derry.

Eu não vi o primeiro filme de 1990 e nem li o livro. Quando eu soube que iria sair esse remake, eu decidi que iria ler o livro, então eu comprei o e-book, coloquei no meu velho kindle e pensei “agora vai”, só que não foi. Eu adoro os filmes que são inspirados nas obras do Stephen King, mas tenho um certo bloqueio na hora de ler seus livros. Conheço pessoas que são super fãs dos livros do King, mas o único que eu consegui ler foi o chamado Sobre a Escrita, em que ele conta sobre sua vida, como ele se inspirou para escrever e dando conselho para novos escritores. Vale muito a pena ler se você pensa em ser escritor.

Já explanei demais sobre nada, então deixa eu falar sobre o longa. Então, o único jeito de sentir medo desse filme é se você tiver Coulrofobia, ou seja, fobia de palhaços. Se você não tem esse medo no seu coração, então o filme passará longe de ser assustador. Eu achei o longa bom, nostálgico, divertido e tão leve que não vi as mais de duas horas passarem. Ele lembra aquele filme de sessão da tarde Conta Comigo (1986) baseado em um conto chamado The Body do Stephen King. E lembra bastante a série Stranger Things (2016-), que com certeza deve ter sido baseado nas obras do escritor em questão. Aliás, estreiou a série O Nevoeiro no netflix, eu achei o primeiro episódio chato, mas achei o filme legalzinho.

O longa conta com a presença de Jaeden Lieberher, Jeremy Ray Taylor, Sophia Lillis, Finn Wolfhard (da Série Stranger Things), Chosen Jacobs, Jack Dylan Oleff e Bill Skarsgård (da série Hemlock Grove). Todos os atores fizeram um trabalho incrível, principalmente Skarsgård, que está irreconhecível como o palhaço Pennywise. Aliás, como curiosidade, como mostra a foto abaixo, o olho direito do ator está olhando para a criança e o esquerdo para o telespectador. Então, esse olhar seria feito com o auxílio da computação gráfica, mas o ator provou no set que sabia fazer isso sozinho, assim como o grande e torto sorriso. Outra curiosidade é que ele é filho de Stellan Skarsgård, que já fez trocentos filmes e hoje em dia está na série River (2015-).

O diretor do longa é Andy Muschietti, que já dirigiu o filme Mama (2013). Como roteiristas temos Chase Palmer, Cary Fukunaga, Gary Dauberman e o próprio Stephen King. Com certeza teremos o IT: Chapter Two, mas ainda não existe previsão para sair.

Resumindo, vale a pena ir ao cinema para assistir esse filme. Como eu já disse, ele é bom e eu diria que é o tipo de filme que traz uma positividade e uma força que você não encontra mais nos longas. Ele relembra aqueles filmes nostálgicos da nossa juventude, que possuem uma lição de moral e que com certeza fazem falta para os jovens de hoje. Então, não tenha medo, o filme é bom!

Nota:

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

 

2 comentários

  1. Liana disse:

    Eu já estava com vontade de ver… só me deu mais vontade!

  2. Tati Vieira disse:

    Ahhh que bom!!!!!! Assista sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *