Os Oito Odiados!!!!

Os Oito Odiados (The Hateful Eight, 2015) conta a história de oito forasteiros, que por ocasião de uma tempestade, acabam ficando presos em uma estalagem. Cada um possui histórias e objetivos diferentes. Difícil é saber em quem confiar.

Quando eu vi a sinopse desse filme eu já sabia que ele seria semelhante ao longa Cães de Aluguel (1992), não pelo enredo e si, mas pelos infinitos diálogos entre os personagens. Então, sinceramente, eu não estava com vontade de ficar três horas sentada no cinema. Não me entendam mal, eu adoro os diálogos bem elaborados dos filmes do Tarantino, só que eu não gosto da extensão que as vezes eles ganham dentro das cenas. Para mim, tem que ter um equilíbrio melhor entre as conversas e a violência, como em Django Livre (2012).

Agora vocês me perguntam: Tati, o filme é bom? E a minha resposta é SIM, o filme é bom sim, vale a pena assistir. O filme é bem violento, cheio de sangue, palavrões e morte. (E deve ser por isso que eu adoro o Tarantino, mas não se esqueça de tirar os pequenos da sala).

A película contou com a presença de um time de bons atores: Samuel L. Jackson, Kurt Russell, Jennifer Jason Leigh, Walton Goggins, Tim Roth, Michael Madsen, Bruce Dern e Channing Tatum. Samuel L. Jackson e Kurt Russel atuaram maravilhosamente bem, mas eu acho que não poderíamos esperar menos desses atores. No entanto, quem também teve uma ótima interpretação foi Jennifer Jason Leigh, que arrasou no papel de uma fora da lei (não dava mais para saber onde estava a atriz por trás de uma personagem tão impactante, por isso que ela foi indicada para ao Oscar 2016 na categoria de Melhor Atriz Coadjuvante). A última consideração é a respeito de Walton Goggins, pois eu fiquei muito tempo olhando para esse ator até conseguir reconhecer que ele tinha feito a Venus Van Dam de Sons Of Anarchy.

Quentin Tarantino é o diretor e o roteirista do longa. Ele também já dirigiu Django Livre (2012), Bastardos Inglórios (2009), Kill Bill: Volume 01 (2003), Kill Bill: Volume 02 (2004), Pulp Fiction: Tempo de Violência (1994) e Cães de Aluguel (1992). E como curiosidade, Kill Bill: Volume 03 já foi anunciado, segundo o site IMDB, mas ainda está só no roteiro e não tem previsão para estrear nas telonas.

Resumindo, o filme é bom e vale a pena assistir. Uma coisa boa é que ele já está disponível no Netflix.  Então, tranquem as crianças no quarto assistindo a Peppa Pig e vá para a sala curtir esse filme “levinho”.

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_empty

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *