O Quarto de Jack!!!!

O Quarto de Jack (Room,2015) conta a história de Joy (Brie Larson), uma jovem que foi sequestrada e ficou em cativeiro por anos. Como resultado dos abusos sexuais, ela acaba dando a luz ao seu filho Jack (Jacob Tremblay). Sendo assim, Joy tenta de todas as maneiras educar e instruir essa criança que nunca teve contato com o mundo exterior. No entanto, tudo muda no aniversário de 5 anos do menino, pois ambos resolvem fazer um plano para fugir do local. Será que isso dará certo?

Essa película entrou na enorme lista de filmes, que nós brasileiros não tivemos a oportunidade de assistir antes do Oscar 2016. Eu fiquei muito triste, pois mesmo acompanhando o evento pela TV da sala, eu não fazia ideia do trabalho e do desempenho de cada filme e ator. Como torcer por alguém e como criticar algo que eu não vi? De qualquer forma, O Quarto de Jack é bom, mas não seria um dos meus filmes preferidos e dificilmente eu veria de novo, entretanto vale a pena assistir. A complexidade do ser humano é fascinante, tanto da perspectiva do sequestrador como das cicatrizes deixadas na vida da personagem principal e da criança.

O filme conta como a presença de Jacob Tremblay, Brie Larson, Joan Allen e William H. Macy. A atuação do ator mirim Tremblay foi realmente impressionante, pois uma interpretação tão intensa em uma tenra idade é difícil. No entanto, a atuação de Larson foi incrível, pois o personagem é complexo e ela tentou retratar todos os traumas, dores e frustrações de alguém que passou por esse tipo de situação. Seu desempenho foi tão bom, que isso fez com que Larson ganhasse o Oscar 2016 de melhor atriz. A película também ganhou vários outros prêmios como Golden Globes, BAFTA Awards, etc.

O diretor do longa é Lenny Abrahamson. Como roteirista temos Emma Donoghue, que também é autora do livro Room, em que o filme foi se baseou. Embora existam alguns casos de sequestros parecidos na vida real, segundo o site Adoro Cinema, a história é fictícia.

Resumindo, o filme é bom. Esse tipo de drama não me atrai muito, mas vale a pena assistir. O longa é psicologicamente atraente.

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_emptystar_rating_empty

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

2 comentários

  1. djanete suares disse:

    Também gostei do filme lindona, apesar de como vc, também não veria novamente.
    O mais triste é saber que fatos como esse já aconteceram e ainda devem acontecer por aí.

  2. Tati Vieira disse:

    Verdade, é muito triste ver situações como essa se repetindo. Mas que bom que você gostou do filme. Beijões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *