Arquivo para 6 de dezembro de 2015

Saudades Marília Pêra!!!!

Hoje o domingo acordou um pouco mais triste, porque ontem de manhã faleceu a atriz Marília Pêra, que estava a dois anos lutando contra o câncer. Eu só queria dizer aqui, o quanto o Brasil sentirá sua falta, as saudades serão sempre imensas. Uma incrível atriz, cantora e diretora, com uma trajetória de vida espetacular. Como eu me arrependo de não ter tido oportunidade de assistir as suas peças.Pode parecer bobagem, mas eu ainda tenho o sonho de contribuir de alguma forma para o cinema brasileiro, só que agora não vou ter você ao meu lado me ajudando. É triste.

Marília, que você esteja bem onde quer que você esteja, mande pensamentos positivos daí de cima!

Se você quiser saber um pouco mais sobre essa grande atriz entre nos links a seguir: Wikipédia, G1, Cinema Uol e Folha de S.Paulo.

 

 

FED UP!!!!!!!!

Fed Up (2014) é um documentário sobre a epidemia da obesidade infantil nos Estados Unidos. Ele tem a proposta de mostrar que o açúcar é um componente extremamente viciante. Como o governo americano e as indústrias alimentícias estão tratando dessa questão?

Sinceramente, esse documentário é um tapa na cara, porque essa realidade apresentada nos Estados Unidos é a mesma daqui do Brasil. A culpa de estarmos mais obesos e com problemas de saúde é nossa em parte, porque não conseguimos ter força de vontade de fazer reeducação alimentar. No entanto, as indústrias alimentícias conseguem mascarar componentes em todos os alimentos, independente de ser uma versão light, diet ou normal. Então o que o documentário quer mostrar é que mesmo trocando a alimentação por versões de baixa caloria, mesmo assim, estaríamos ingerindo componentes que ainda fazem mal para o nosso organismo e dificultam o nosso emagrecimento. Ai podemos pensar, que se nós temos dificuldade de controlar nossa alimentação, imagine uma criança que depende da gente e que está sujeita a milhares de propagandas de produtos que contêm altos níveis de açúcar e gordura.

Eu não sei vocês, mas eu sou gorda e eu tenho uma dificuldade tremenda de manter meu peso e hoje eu estou mais gorda do que eu jamais fui na minha vida, porque eu desconto meu estresse e ansiedade na comida, principalmente na comida fácil, que são aquelas que são mais baratas e você consegue chamar com um simples telefonema. Então, esse documentário foi chocante, porque eu tenho uma dependência enorme em açúcar, de almoçar pizza tomando vários refrigerantes e terminar com sorvete de sobremesa. Nós ingerimos uma quantidade de açúcar que vai além do que deveríamos consumir normalmente, por isso que temos mais e mais casos de crianças diabéticas.

Esse longa era o palito de fósforo que eu precisava na minha vida, porque eu já estava mudando minha alimentação, mas não estava firme nisso e agora minha visão mudou completamente. Nesse momento da minha vida, eu não estou mais buscando emagrecer, porque isso é apenas uma consequência dos novos hábitos. Já percebeu que quando você quer emagrecer, você fica olhando pra balança com uma angústia enorme do peito e você faz isso todo o dia, percebendo que muitas vezes o valor não diminui!!!? Eu cansei disso, hoje eu troquei completamente minha alimentação por questões de saúde, por exemplo: eu não estou ingerindo mais carne vermelha porque meu corpo não processava direito e me fazia mal; eu cortei alimentos com lactose porque passava mal constantemente; e por causa desse documentário eu não consumo mais alimentos processados. Vocês não tem ideia de como eu estou me sentindo melhor, eu me sentia inchada, tinha diarreia diariamente, dores de cabeça, um cansaço imenso e boa parte disso tinha como causa a minha alimentação. E o mais engraçado é que eu não me sinto tão tentada a comer as bobagens de sempre, não só porque eu mudei meu paladar como também eu tenho uma vontade muito grande de viver bem e com qualidade, porque eu sei agora que aquela besteira vai ser uma satisfação momentânea, mas vai afetar a minha saúde a longo prazo.

Então, por favor, veja o documentário antes de traçar qualquer conclusão prévia. Tenha consciência do que você está ingerindo diariamente e procure uma nutricionista que te ajude nessa saga rumo ao hábito melhor. Vamos começar uma campanha de sustentabilidade do nosso próprio organismo, pois estamos desperdiçando nossa vida! Você já pensou em tudo que você come e pode afetar seu organismo por anos? Não temos motivos para encurtar nosso prazo de validade!!!!

A diretora e roteirista do longa é Stephanie Soechtig, ainda contamos com a presença de Mark Monroe como roteirista.

Resumindo, veja o documentário e tire suas próprias conclusões!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_full

Desejo a todos um excelente documentário e uma vida mais saudável!!!!!!!!!