Clube de Compras Dallas

Clube de Compras Dallas (Dallas Buyers Club, 2014) conta a história de Ron Woodroof (Matthew McConaughey), um caubói rústico, jogador e que faz sexo sem pensar no amanhã. Ocorre que ele descobre que está com Aids. Em meio ao preconceito da sociedade e sua luta para se manter vivo, Ron percebe as precárias condições que os aidéticos vivem e os grandes problemas com as indústrias farmacêuticas. Sendo assim, ele resolve arranjar um jeito de trazer para os Estados Unidos outros medicamentos alternativos para tratamento, criando assim o Clube de Compras Dallas, um lugar onde os aidéticos podem comprar remédios não aprovados pela FDA (Food and Drug Administration).

O longa é baseado em fatos reais e se passa no final dos anos 80. Nessa época existia ainda um forte preconceito, pois a Aids era vista como uma doença essencialmente homossexual. Essa premissa falsa elevou ainda mais a discriminação e pessoas com aids eram vistas como párias. Quando Ron se vê doente e à margem da sociedade, ele começa a entrar em conflito com aquilo que ele acredita, com seu machismo, suas próprias limitações e se sensibiliza com o sofrimento e a luta dos portadores de HIV.

Nesse filme nos deparamos com um Matthew McConaughey mais maduro, magro e envelhecido, o que mostrou toda a preocupação e dedicação do ator para desempenhar um papel tão sério e difícil.  Jared Leto também mostrou todo o seu talento no papel de Rayon, um transexual que sofre com a doença. Jennifer Garner e Steve Zahn possuem papéis mais discretos, influenciando muito pouco no filme como um todo.

O diretor do longa é Jean-Marc Vallée, que também dirigiu o filme Livre com a Reese Witherspoon.

Resumindo, o filme é bom, pois ele tenta mostrar a verdadeira luta das pessoas que possuem Aids, bem como tenta passar a esperança e a confiança que é necessária para não esmorecer diante das dificuldades.

Desejo a todos um bom filme e muita pipoca!!!!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_emptystar_rating_empty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *