A Culpa é das Estrelas!!!!

A Culpa é das Estrelas (The Fault in Our Stars, 2014 ) conta a história de Hazel Grace (Shailene Woodley), uma adolescente que desde muito nova foi diagnosticada com câncer. Os pais de Hazel querem que ela participe de um grupo de apoio a pessoas que lidam ou lidarão com doenças graves. Hazel não quer muito ir, mas acaba participando, lá ela conhece um menino chamado Augustus Waters (Ansel Elgort), que também tem câncer. Augustus tem uma visão completamente diferente sobre a vida e sua doença, despertando o interesse de Hazel.

Eu vi esse filme sem querer, tinha ido com duas amigas minhas para o shopping e geralmente comemos pizza e assistimos um filme e este estava em cartaz. Eu nunca tinha escutado falar desse filme, nem sabia quem era John Green. De qualquer forma, tudo aconteceu muito rápido, quando percebi estava sentada na sala de cinema, segurando minha respiração e fazendo de tudo para não chorar copiosamente na frente das minhas amigas. Eu sou um marshmallow em matéria de romances e dramas, mas queria me manter durona, diferente das outras pessoas da sessão que estavam fungando desesperadamente.

Acho que foi a primeira vez que eu realmente vi a atuação de Shailene Woodley, essa menina com um nome tão diferente que todas as vezes que eu tento escrever preciso conferir na internet se escrevi certo. Na época que eu vi o longa ainda não tinha visto Divergente, então eu sabia que a Shailene existia, mas nunca tinha a visto atuar, nem o Ansel Elgort, que também estava nos dois filmes. A senhorita Woodley me surpreendeu na Culpa é das Estrelas, pois ela conseguiu ganhar a simpatia do público e mostrou uma emoção que eu não vi em Divergente. Sua atuação no filme em discussão foi muito boa, estou bem interessada em ver os próximos filmes que ela vai atuar.  Quanto a Ansel Elgort, eu não sei, parece que falta algo na atuação dele, é boa, mas não consegue me cativar. Enquanto Elgort apenas atuava, Woodley era a própria Hazel, deixando o limite entre a personagem e a atriz se perder, as duas acabaram se fundindo em um único ser.

Willem Dafoe também participa do filme com uma atuação bem memorável, embora não seja um dos papéis principais, ele consegue dar um show de interpretação.

O longa é baseado no livro homônimo de John Green, que possui uma série de livros que eu nunca tinha ouvido falar. Segundo o Wikipedia vamos ter mais três adaptações dos livros de Green, em 2015 deve estrear o filme Cidades de Papel e em 2016 teremos mais duas estreias Deixe a Neve Cair e Quem é você, Alasca?.

O diretor é Josh Boone, que possui um curriculum bem curtinho. Ele também fez o filme Ligados pelo Amor, de 2012. No entanto, o site IMDB já anunciou o filme Lisey’s Story, que deve estrear nesse ano de 2015, o longa é baseado em um livro homônimo do Stephen King. O mais impressionante é que eu nem sabia que tinha tantos filmes baseados em obras do King, agora eu o vejo em todos os lugares! I see Stephen King, All the time!!!! (Leia sobre O Nevoeiro, Instinto Secreto e Um Sonho de Liberdade)

Resumindo, o filme A Culpa é das Estrelas é muito bom, para aquelas pessoas que gostam de um romance, cheio de drama, daqueles que te deixam com os olhos inchados. Agora se você não curte esse tipo de filme, então melhor não ver. Se só você curte e o seu marido ou namorado não, então por favor, o libere para jogar Destiny ou assistir Arrow e veja o filme sozinha com uma caixa de lenços.

Desejo a todos um excelente filme e muita pipoca!!!!

Nota:star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_halfstar_rating_empty

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *