Mapa para as Estrelas

Mapa para as Estrelas (Map of the Stars, 2014) conta a história de três personagens principais, Havana Segrand (Julianne Moore), uma atriz que ainda busca seu espaço na mídia; Agatha Weiss (Mia Wasikowska), uma jovem com sérios problemas psicológicos que esconde um segredo; e Benjie Weiss (Evan Bird) uma nova estrela em ascensão no mercado cinematográfico, mas que luta contra seus problemas com drogas. Em determinado momento essas três vidas acabam se entrelaçando.

Eu tinha muitas esperanças em relação a esse filme, pois a ideia é boa, tratar da verdade que existe no mundo das estrelas, o que elas fazem para tentar se manter sob os holofotes, os conflitos, a dor, as loucuras, tudo que acaba emergindo em cada um de nós quando a fama toma o lugar de nossa própria personalidade. No entanto, eu, pessoalmente, considerei o longa muito fraco e tive a sensação que perdi parte do meu dia vendo um filme sem graça. Se você visse a Julianne Moore nesse filme você ficaria com dúvidas se essa é a mesma atriz que ganhou o Oscar 2015, pois a atuação dela foi extremamente fraca.

Todos os atores pareciam apagados demais e nenhum conseguiu se destacar a ponto de deixar o filme interessante. Talvez a ideia do diretor fosse essa, mas isso deixou o longa arrastado, massacrante, pesado, grosseiro e sem sabor. O ator John Cusack sumiu em meio a um roteiro sem pé nem fundamento.

Sinceramente, não tenho tanto apreço pelas obras dirigidas pelo diretor David Cronenberg, que também fez filmes como A Mosca, Dead Zone e Um Método Perigoso. Eu gostava da série Dead Zone, mas o filme é outra coisa diferente, porque eu não tive muita paciência para vê-lo, era muito cansativo. A título de curiosidade, Dead Zone é baseado em um livro homônimo de Stephen King.

Resumindo, achei uma perda de tempo, em meio a tantos filmes bons que existem, esse não faz jus ao seu espaço na mídia.

Nota:star_rating_emptystar_rating_emptystar_rating_emptystar_rating_emptystar_rating_empty

4 comentários

  1. Diogo disse:

    HAUHAUHUAHUAH Nota Zero!

  2. Tati Vieira disse:

    É, infelizmente! Eu esperava muito mais dele.
    Continue acompanhando o blog, pois muitos filmes melhores virão!
    Beijos.

  3. dja disse:

    Obrigado lindona, tá aí um filme que não vou ver. bjos.

  4. Tati Vieira disse:

    É, eu não achei o filme bom. É melhor economizar esse tempo assistindo outros tantos filmes bons que existem por ai. Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *