Divinos Segredos! (YA YA!)

Divinos Segredos (The Divine Secrets of The Ya-Ya Sisterhood, 2002) conta a história de Siddalee Walker (Sandra Bullock), ela trabalha com peças de teatro e quando uma de suas peças faz sucesso, ela é chamada para uma entrevista. No entanto, a repórter acabou escrevendo muito mais do que Siddalee disse e mostrou a relação conturbada que ela sempre teve com sua mãe Viviane Abbott (Ashley Judd / Ellen Burstyn). Viviane fica furiosa ao saber da matéria, mas suas amigas Necie (Shirley Knight), Caro (Maggie Smith) e Teensy (Fionnula Flanagan), vendo que as coisas ficariam complicadas demais, resolvem sequestrar Siddalee para mostrar o passado que ela desconhecia sobre Viviane.

Esse é um dos filmes bons de Sandra Bullock que não teve tanta divulgação. É um daqueles longas que é bom para assistir com a família, ou mesmo com sua mãe do lado. Quem nunca teve problemas com a mãe? A maioria de nós já tive pelo menos uma pequena discussão. É engraçado que nós enxergamos nossos pais como aqueles nos orientam, que nos mandam estudar e reclamam das roupas espalhadas pelo quarto, mas nós nunca pensamos que eles possuem uma história, que eles nem sempre foram nossos pais. O passado traz alegrias, mas também pode trazer um sentimento de perda e dor, o passado molda o nosso caráter e personalidade, mas também pode nos marcar de certa forma que crie entraves permanentes, cicatrizes emocionais profundas.

Nós criamos na nossa mente, que o relacionamento de nossos pais começou depois do nosso nascimento, porque só temos a experiência daquilo que vivenciamos. Independente do tipo de relacionamento que seus pais possuem, nem sempre ele foi desse jeito, porque problemas sempre surgem e nós, as vezes, ficamos na nossa feliz ignorância dos fatos até que algo sério aconteça e desenterre o passado. O filme fala disso, do que a mãe de Siddalee passou e o que a moldou de forma que ela não conseguisse ser a mãe que a filha esperava ao longo dos anos. O longa é lindo, sensível, bonito e consegue explorar essa relação entre pais e filhos de uma forma simples e emocionante.

A atuação de Sandra Bullock sempre foi muito boa, ela causa uma sensação muito grande de simpatia e por causa disso é muito difícil ver um filme com ela e não se sentir próxima de sua personagem. Sua interpretação sempre foi impecável, ela consegue com desenvoltura fazer filmes de drama e comédia, sempre resultando em uma atuação simples e produtiva.

O filme ainda conta com a presença de Ashley Judd, James Garner e Maggie Smith. Gosto de todos esses atores, Judd já fez Risco Duplo, Beijos que Matam, Alguém como Você e Fogo contra Fogo. Garner fez filmes como Diário de uma Paixão, Maverick e Cawboys do Espaço. E Maggie Smith interpretou nossa querida Professora Minerva McGonagall em todas as sequências de Harry Potter, bem como fez O Exótico Hotel Marigold e tem feito a série Downtown Abbey. Sendo assim, com um time desses não tem como Divinos Segredos ser um filme ruim.

A diretora do longa é Callie Khouri, que fez filmes como O Poder do Amor, Thelma e Louise e Loucas por Amor, Viciados em Dinheiro, bem como também produz a série Nashville. Eu diria que o currículo de Khouri não é muito longo, mas se mostra bem gabaritado.

Resumindo, Divinos Segredos é uma ótima pedida para esse final de semana, pegue o resto do chocolate que sobrou da Páscoa (se sobrou né) e coma vendo um filme gostoso como esse.

Bom filme, boa pipoca e chocolate!!!!

Nota: star_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_fullstar_rating_empty

Obs: O trailer, infelizmente, está com o áudio em inglês e sem legenda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *